Autocrática, democrática, liberal ou criativa?

Celso Feijó
3 min readDec 5, 2022
Photo by Jason Rosewell on Unsplash

A Liderança pode ser adquirida por meio de hábitos e treinamento. Fato. Portanto, o que define um verdadeiro líder e quais são os tipos de liderança não são características vindas do nascimento, mas sim de seu comportamento diante do mundo atual e das pessoas com quem se relaciona.

Essa mudança de pensamento abriu um leque de infinitas possibilidades, modelos de geração de líderes e novos tipos de liderança.

Tradicionalmente, os tipos de liderança mais comuns são a democrática, a liberal e a autocrática, baseadas na Teoria dos Estilos de Decisão dos Líderes. No entanto, elas não são as únicas que existem no mercado de trabalho. Principalmente nos dias de hoje.

Liderança autocrática (O Chefe)

As decisões são tomadas apenas pelo líder (lê-se chefe) com base única e exclusivamente em seu conhecimento. As regras são definidas e há pouca abertura para questionamento. Um modelo antiquado e que traz muito mais desvantagens do que vantagens. Talvez consiga manter um maior controle de processos e agilidade nas tomadas de decisão, porém a figura do líder-chefe pode ser vista negativamente pela falta de participação da equipe, causando frustração, estresse e pressão. Além disso, na sua ausência “todos os gatos são pardos”, e a equipe tende a relaxar e baixar a produtividade.

Liderança democrática (O Líder)

Esse é o estilo mais incentivado em empresas com perfil inovador. O líder (ou líderes) se preocupa mais com a motivação do time, e não foca apenas nos resultados. Na liderança democrática “equilíbrio” é a palavra de ordem. Esse modelo permite que cada colaborador tenha liberdade para tomar decisões e compartilhar as suas ideias, mas sem assumir todo o controle da empresa. O líder democrático interage igualmente com a sua equipe, promove a capacitação e facilita o trabalho dos liderados. Sua posição é de aconselhar cada membro quando necessário, reconhecendo os méritos e criando um espaço aberto para debate.

Liderança liberal (…)

O líder liberal demonstra sua total confiança não precisando acompanhar a sua equipe o tempo todo, uma vez que ela realiza a autogestão. Ou seja, não tem liderança. Ele(a) dá aos seus colaboradores toda a liberdade para tomar decisões importantes e a sua participação no curso dos acontecimentos é quase nula, o que impede a equipe de seguir os exemplos de um líder. Cuidado! Essa atitude pode acarretar uma série de problemas, como a falta de referência que acaba por prejudicar na formação de novos líderes. Delegar tarefas e responsabilidades para uma equipe precisa de supervisão e orientação, principalmente diante de situações de crise, o que pode afetar diretamente o desempenho e os resultados da empresa.

Liderança ideal (Liderança criativa)

Descobrir como ser um bom líder por meio dos quais são os tipos de liderança ideais para deixar colaboradores satisfeitos e tornar uma empresa bem-sucedida é o sonho de dez entre cada dez líderes. No entanto, a verdade é que não existe uma fórmula para isso.

Todos os tipos de liderança apresentam benefícios e problemas, de acordo com as situações, pessoas envolvidas e demandas de cada empresa.

Diante de uma equipe inexperiente, por exemplo, abrir mão do comando ou das responsabilidades pode comprometer todo o desempenho da empresa. Já em um local que preza por inovação e criatividade, focar apenas na liderança técnica pode gerar estagnação.

Assim, cabe ao líder entender as aspirações, competências e necessidades dos seus colaboradores, sem abrir mão dos interesses da organização que representa. Não é preciso assumir um perfil democrático, motivador ou autocrático o tempo todo. Seja criativo!

Dessa forma, para uma liderança ideal, é fundamental que ela seja formada pela união de características dos estilos de liderança, de acordo com as situações e benefícios que elas podem trazer para a empresa. Alternando assim para uma liderança criativa e de atitude.

O mais importante é que o líder aja com sensibilidade e criatividade.

#liderança #LiderançaCriativa #gestão #criatividade #inovação #marketing #atitude

--

--

Celso Feijó

Marketing and Communications Director at LayBack I Creative Director I Leadership I Brand & Marketing Consultancy I IG @celsofeijo